segunda-feira, dezembro 13, 2010

Anos de solidão

Esta imagem parece representar uma pessoa triste, quem sabe depressiva, na paisagem de fundo nublado, identificando a solidão. O momento sugere a pessoa estar refletindo sobre a vida, de acordo com a música em pauta.http://www.buscamp3.org/download/Astor-Piazolla-amp-Gerry-Mulligan-Years-Of-Solitude_3473636c33594245434d.html

segunda-feira, dezembro 06, 2010

Brincando com as palavras

        Ao trabalhar-se a Língua Portuguesa precisamos perceber que ela é um dos principais instrumentos da comunicação verbal oral e escrita. Lembrar é bom, que há outros meios de comunicação entre os humanos: o não-verbal com uma gama imensa de formas.
A comunicação verbal, embora seja intrínseca ao homem precisa ser estimulada e orientada segundo o padrão vigente no grupo falante. Aqui entra o papel do mediador, aquele que vai ajudar no desenvolvimento do novo cidadão participante na sociedade em que está inserido. Este mediador é quem está em contato com esta pessoa desde a sua mais tenra existência, a mãe, a família, a vizinhança, a escola, o trabalho...
Como agentes educativos, pensa-se que quando trabalha-se com alunos de forma lúdica, misturando a fantasia com o jogo de palavras através das rimas, adivinhas, músicas, peças de teatro.. a criança compreende facilmente o conteúdo contextualizado.
 Paulo Freire conta de sua alfabetização desenvolvida em sua casa com seus pais, onde o material didático e as metodologias empregados surgiam do cotidiano de sua família. Aos seis anos, foi para a escola e com sua primeira professora, dona Eunice, aprimorou seus conhecimentos, emoções e sentimentos, pois uma verdadeira amizade nasceu e perdurou pelo resto de suas vida. Tomando esta experiência do grande educador Paulo Freire, pode-se trabalhar com observações sensibilizações e percepções com o ambiente que cerca o aluno. Partir por descobrir o próprio ser que é o aluno, pelos cinco sentidos, a visão (cores, e tudo o que se percebe com o olhar), a audição(ruídos altos, baixos, agudos, graves, agradáveis, desagradáveis, músicas...), o olfato(cheiros bons e não tão bons como o de alho, o de jasmim...) o paladar(com sabores, de limão, sal, açúcar, pimentas...), e o tato(toques, da mão,  abraço...,com texturas,lixa, seda, veludo, formas, redonda, estrelada, etc.), para depois introduzir às idéias e as  palavras e por fim a construção de textos, chegando assim, do interior para o exterior; conhecer-se para conhecer o que o rodeia. Ler é sentir o mundo. Para se estar no mundo precisa-se tomar conhecimento primeiro de si(ler-se) e partindo de si chegar-se aos outros textos e contextos.
Com isto, o aluno desenvolve-se e pode, então, usar as palavras adequadas para falar sobre si mesmo e suas descobertas. Ninguém pode dar aquilo que não tem. Da mesma forma não se pode escrever sobre o que não se conhece. Precisa-se propiciar fontes de conhecimento e experiências de vida. Isto é o necessário para se ter o que falar e escrever.
A forma culta da linguagem verbal, ensinada nas escolas é uma maneira de dominação geo-política de certa forma necessária para a preservação do lugar onde se nasce e se vive como nação, lar, pátria. Há outros seres humanos sempre cobiçando o que é de um grupo para si. Então, há de se cuidar. Além de que, em um grupo, para que haja comunicação, é necessário que o código, a língua, seja de domínio de todos os membros.
  A poesia deve ser bem trabalhada na escola, mas em casa, os pais também precisam fazer o tema de casa. Ou seja, eles podem ler mais com os filhos, inventar pequenas peças e encenar junto aos filhos e coleguinhas. O importante é ler, ler e envolvê-los no fascinante mundo da imaginação. Para tanto, vale usar os recursos disponíveis, pois nem sempre o que é sofisticado, moderno, de última geração é adequado e eficiente para produzir leitores. É apenas um outro jeito, um outro caminho.
   E assim vamos brincando com as palavras pronunciando as palavra do autor e relacionando com outro e mais outro. Em  cada texto poético nos identificamos na magia, cor, sabor que cada palavra tem. No ritmo da rima induzimos o outro ao movimento dos significados diversos para expressar sentimentos. Por isso que ao trabalhar de forma poética estamos automaticamente dando o aluno o poder e escolher com qual palavra quer brincar, ampliando vocabulário e percebendo a função que a linguagem exerce na comunicação.


sexta-feira, dezembro 03, 2010

Introduzindo culturas: Texto "Banzo"

Minha aluna costumava chamar os colegas de banzinho ou banzinha. Em l997 foi morar em Porto Alegre e estudar no colégio Bom Conselho. Sempre dizia à mãe:
- Quando estiver lá em POA, preciso cuidar para não falar banzo. Não quero pagar mico na escola nova!
Em uma determinada aula de matemática, o professor sai da sala marcando prova para o dia seguinte e bate a porta, deixando os alunos apavorados e em grande agitação.
A aluna levanta-se num ímpeto e diz:
- Esse professor até é banzo!
Todos os colegas caem na gargalhada querendo, dela, explicações sobre o sentido que ela estava dando a palavra banzo, pois não entenderam a frase. Ela explica:
- Na minha cidade, banzo é que nem esse professor, meio doido.
A partir daí virou gíria chamar uns aos outros de banzo. A menina que tinha medo de falar algumas palavras de sua cidade, ficou popular na escola e tornou-se até, no futuro, presidente do grêmio estudantil.

quinta-feira, dezembro 02, 2010

Sugestão de livro

     Adorei o livro de contos CAVALO CEGO de JOSUÉ GUIMARÃES, pois prende a atenção do leitor,onde o autor mostra sua habilidade na construção da trama.Leia,pois a leitura enriquece o vocabulário aprimorando a linguagem.Abraços!Cátia

domingo, novembro 28, 2010

FOTOS VISITA: "FEIRA DO LIVRO"

O grupo "CAFÉ GURIAS esteve prestigiando a feira do livro da Escola Marcelo Gama, na praça, dia 26 de novembro. Por lá compartilhamos com os alunos ajudantes algumas leituras e dicas de livros. Também curtimos peças de teatros escritas e apresnetadas pelos próprios alunos. Isso é magnifíco. Eles são D+. Super criativos e inteligentes. As peças estavam incríveis. Parabéns.
          
grupo seis amigas

Resumo: O homem e a linguagem

Desde Aristóteles, que o homem é um ser social e que precisa se comunicar. Necessita, assim, viver em sociedade onde compartilha informções e experiências que irão levá-lo a compreender e adquirir culturas de mundo em que vive e vai acumulando experiências de sua galera e construindo uma cultura própria tansmitida de geração para geração. Dentro desse contexto de transmitir sua cultura o homem  vai em busca de meios para comunicar-se com seus semelhantes, cria símbolos e signos de vários tipos ( linguísticos, picturais e gráficos). E assim trasmite seus sentimentos,emoções e sensações.
Em meio a essas criações para se comunicar o homem ousa no emprego de gestos, batidas, desenhos, palavras and so on. O que o homem utiliza para se comunicar chamamos de linguagem, um conjunto de símbolos importantes para a comunicação. Ela pode ser  verbal ou não-verbal, a primeira é o mais útil seja oral ou escrita, e o segundo emprega símbolos que não dependem de palavras, mas, sim de imagens (cores, gestos, desenhos, sons, batidas and so on.
Então podemos dizer que a língua é um conjunto de regras, combinadas e articuladas entre si, o qual possibilita a um determinado grupo utilizar-se da linguagem para se comunicar. Chamamos isso de código lingístico, utiliza-se da linguagem própria e particular de um determinado grupo. O mesmo código linguístico utilizado pelas comunidades portuguesas (Brasil, Moçambique,  Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé, Príncipe e Brasil) é a Língua Portuguesa.
Já a fala é a realização concreta da língua, realizada por um indivíduo da comunidade num determinado momento,  mas para que seja completo é preciso que se respeite as regras internas (código linguístico). Podemos dizer que a língua é comum a todos os seus usuários porém a fala é um ato individual de cada membro pode efetuar com o uso da linguagem.
Por isso as variações linguísticas que estão onipresente e são intermediárias nas relaçõe com os outros.
A linguística aceita todos os tipos de construções na fala desde que haja comunicação.
Andreia

quarta-feira, novembro 24, 2010

sexta-feira, novembro 19, 2010

Para refletir.

Aos colegas cursistas,  professores e colaboradores do mediadores de leitura.
Mensagem - Foto


Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.

Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.

Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.

Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de .

Obrigada Senhor
Por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.

Por ter saúde,
quando tantos sofrem neste momento.

Por ter um lar,
quando tantos dormem nas ruas.

Por ser feliz,
quando tantos choram na solidão.

Por ter amor,
quantos tantos vivem no ódio.

Pela minha paz,
quando tantos vivem o horror da guerra.

Feliz Natal e um Ano Novo cheio
de paz para você e para aqueles a quem ama!
        Dirlene                   



quinta-feira, novembro 18, 2010

Um bom Natal !! Esta é uma simples homenagem aos colegas do mediadores e extensivo aos mestres que nos auxiliam compartilhando saberes.

Aos Professores
As bolas de papel na cabeça,
os inúmeros diários para se corrigir,
as críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.

Que bom que esta tua vocação
tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz dia dos professores,
quando em seu dia-a-dia
tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.
Teu mundo é alegre, pois você
consegue olhar os olhos
de todos os outros e fazê-los felizes também.

Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
dividir é sempre a melhor solução.
Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
o teu coração a cada dia,
dando-te tanto prazer em ensinar.

Homenagens, frases poéticas,
certamente farão parte do seu dia a dia
e quero de forma especial, relembrar
a pessoa maravilhosa que você é
e a importância daquilo do seu ofício.
É por isto que você merece esta homenagem
hoje e sempre, por aquilo que você é
e por aquilo que você faz.

Felicidades !!!
Fatima

quarta-feira, novembro 17, 2010

NATAL!

O Natal é a data mais importante do calendário cristão, quando é celebrado o nascimento do Menino Jesus. Mas quando falamos sobre Natal, podemos abrir um leque de histórias, contos e tradições, que até hoje são transmitidas de geração a geração. Para que sua festa fique ainda mais bonita e alegre, vamos contar um pouco sobre as histórias que existem por trás de alguns símbolos e enfeites natalinos, e vamos expor o que eles representam para esta época de harmonia e paz entre amigos e familiares. Papai Noel ou São Nicolau Diz a lenda que São Nicolau era um homem muito rico e muito generoso. Conta-se que ele distribuía dinheiro aos pobres e presenteava as crianças que não tinham com o que se alegrar. Faleceu no dia 6 de dezembro, tornando este dia o Dia de São Nicolau. Esta data é muito lembrada e comemorada em alguns países do oriente, onde os pais ainda presenteiam seus filhos fazendo uma referência a São Nicolau. Por causa da proximidade de sua festa com a data do nascimento de Cristo, acabou-se transferindo lentamente a tradição de presentear as crianças para o dia 25 de dezembro. Os pais costumavam dizer que era São Nicolau quem trazia os presentes do céu. São Nicolau foi se tornando um símbolo natalino e o 1º Papai Noel reconhecido pelo mundo.
SINOS
Acredita-se que o som das badaladas dos sinos espantem todas as coisas ruins e atraiam boa sorte e alegria.
GUIRLANDA
Representa a presença do Menino Jesus na casa. Normalmente é colocada na porta de entrada dos lares, deixando visível que aquela casa esta protegida.
 ÁRVORE DE NATAL
Muitas histórias são contadas sobre a origem da árvore de Natal, mas tudo indica que sua origem é tipicamente alemã. Hoje, ela é um dos símbolos mais expressivos do Natal e as crianças aguardam ansiosas para ajudar os pais a enfeitá-la com flocos de algodão, fitas, luzes e bolas coloridas. Segundo a lenda, a árvore é a representação de Jesus, que é o tronco, e nós somos os ramos. As bolas e as luzes coloridas representam os frutos por ela produzidos, indicando a nossa caridade e generosidade.
Canções de Natal
A mais popular das músicas da noite de Natal, “Noite Feliz”, foi criada pelo padre Joseph Franz Mohr e pelo professor Franz Xavier Grueber. A letra veio da inspiração do padre, em uma noite estrelada, que ficou imaginando como teria sido a noite em Belém, quando Jesus nasceu. Escreveu a letra em forma de poema, uniu a melodia presenteada pelo compositor Grueber e utilizou-a na Missa do Galo de 1818. Hoje, “Noite Feliz” é cantada em inúmeros idiomas.
Noite feliz! Noite feliz!
Oh Senhor, Deus de Amor,
Pobrezinho nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus, nosso bem.
Dorme em paz, oh Jesus!
Dorme em paz, oh Jesus!
Noite feliz! Noite feliz!
Eis que no ar vêm cantar
Aos pastores
Os anjos do céu
Anunciando
A chegada de Deus,
De Jesus Salvador!
(BIS)
Noite feliz! Noite feliz!
Oh! Jesus, Deus da Luz,
Quão amável é teu coração
Que quiseste nascer
Nosso irmão
E a nós todos salvar.




Andreia

domingo, novembro 14, 2010

receita de felicidade

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver

Apesar de todos os desafios,

Incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas

E se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si,

Mas ser capaz de encontrar um oásis

No recôndito da sua alma.



É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um “não”.

É ter segurança para receber uma crítica,

Mesmo que injusta.



Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou

Construir um castelo ...
Fernando Pessoa
Cátia

sexta-feira, novembro 12, 2010

ELIANA

As melhores de Mário Quintana

   Nesta postagem gostaria de contribuir com poesias de Mário Quintana,  poeta gaúcho,  que já está compondo suas poesias no seu encantado paraíso. Tenho admiração pelas obras dele.

"A Gioconda"

Descobri o famoso mistério
Do teu sorriso, Gioconda...
Pensando bem,
É o mesmo sorriso que tem
Essa gente sempre de boca fechada
De tanta gente no mundo...
O que há nisso de profundo? É apenas
Porque já perderam todos os dentes!


Para ver mais acesse o endereço abaixo:
http://quintanares.blogspot.com/
Fatima

quinta-feira, novembro 11, 2010

Gonzaguinha - viver e não ter a vergonha de ser feliz

REUNIÕES

Passos para navegar no Blog e realizar as postagens. Bem, é simples e curioso. A regra é não ter medo de mexer e movimentar. Se você quer publicar algo então click no seu nome ex: "Andréia" que irá abrir no centro da página inicial. Então procure pelo símbolo caneta e click, abrirá uma página com Título: (coloque o título que tu deseja que álguem se interesse e tenha a curiosidade de abrir). No Link é para relacionar a página que tu encontrou o teu artigo e gostaria de deixar o endereço acessível aos visitantes. Numa caixa de texto grande você escreve seu comentário e o que deseja inserir. Salve no rascunho porque sempre ficará disponível para mudar e depois click Publicar. Nessa, mesma página mais em cima verá visualizar postagem e você confere como ficou sua publicação.

Se você só quer fazer um link de um site que achou muito interessante click ao lado escrever (editar HTML) e escreva um frase ou palavra que chame a atenção o visitante ex: A VIDA COMO ELA É  e então selecione esse texto e click link. Cole o endereço de URL que você copiou. Ok. Ob: ao encontrar leituras interessantes sempre copie o endereço que fica lá em cima ou observe em alguns sites eles mesmo já inserem o endereço de URL e é só copiar. Bom trabalho.

                                                                                      Andréia, Cátia, Eliana, Dirlene, Fátima e Taís

sábado, novembro 06, 2010

A MÚSICA!

[blue]Olá, lembrei de vc e Passei por aqui pra te deixar essa mensagem...
~~~~~~~~~~~$$$$
~~~~~~~~~~$$$$$$
~~~~~~~~~.$$$**$$
~~~~~~~~~$$$"~~'$$
~~~~~~~~$$$"~~~~$$
~~~~~~~~$$$~~~~.$$
~~~~~~~~$$~~~~..$$
~~~~~~~~$$~~~~.$$$
~~~~~~~~$$~~~$$$$
~~~~~~~~~$$$$$$$$
~~~~~~~~~$$$$$$$. Na música da Vida
~~~~~~~.$$$$$$* .Quem compõe a partidura
~~~~~~$$$$$$$".. É VOCÊ!
~~~~.$$$$$$$
~~~$$$$$$"`$ FAÇA DE SUA VIDA UMA CANÇÃO!
~~$$$$$*~~~$$ TENHA UM ÓTIMO DIA!
~$$$$$~~~~~$$.$.
$$$$$~~~~$$$$$$$$$$.
$$$$~~~.$$$$$$$$$$$$$
$$$~~~~$$$*~'$~~$*$$$$
$$$~~~'$$"~~~$$~~~$$$$
3$$~~~~$$~~~~$$~~~~$$$
~$$$~~~$$$~~~'$~~~~$$$
~'*$$~~~~$$$~~$$~~:$$
~~~$$$$~~~~~~~$$~$$
~~~~~$$*$$$$$$$$$
~~~~~~~~~~````~$$
~~~~~~~~~~~~~~~'$
~~~~~~~~..~~~~~~$$
~~~~~~$$$$$$~~~~$$
~~~~~$$$$$$$$~~~$$
~~~~~$$$$$$$$~~~$$
~~~~~~$$$$$"~~.$$
~~~~~~~"*$$$$$*"bjssss[/blue]
[b][red] Scrap.MixPlanet.com.br- Um Mix em scraps!

Olá! Queremos compartilhar com vocês as delícias do "Café Gurias"

E aí já fez sua leitura hoje? Que tal um cafezinho passado na hora!:
"HÁ DE SABER, FILHAS MINHA, QUE MEUS TESOUROS ESTÃO CERCADOS DE ESPINHOS, BASTA SE DETERMINAR A SUPORTAR AS PRIMEIRAS ESPINHADAS, PARA QUE TUDO SE TRANSFORME EM DOÇURAS."

Santa Brígida
Não há vida sem espinhos, não há caminhos sem pedras. É preciso vencer as dificuldades para se chegar á realização.